Professor de Meditação | Psicoterapeuta da Alma & Life Coach | Orador | Escritor | Hipnoterapeuta | Sexualidade Sagrada

9 de fevereiro de 2017

Sou vida... sou amor.... sou o que sou

Sou a luz que me envolve, o som que me embala e a cor que me pinta!
Sou a brisa transparente, o rio que corre e a água que me salpica...
Sou a imensidão do humano, a leveza do ser e a força do acreditar,
Sou apenas o que sou, sem rodeios, sem nóias e com muito para dar!

Não te quero cativar, muito menos convencer a algo
Quero apenas contigo partilhar o que sou, o que me move e o que tu também és
Não te quero levar ao paraíso, nem mostrar uma realidade idílica
Quero levar-te à lembrança de quem és, sabendo que nesse levar somos esta realidade física.

Ama o teu corpo, ele é o teu templo e verdadeiro mestre
Ama o teu sentir, a tua sexualidade é o motor da tua própria existência
Ama o teu pensar, é graças a esse pensar que és e podes viver a vida como um teste
Ama o teu existir, porque só isso é suficiente para orgasmar e ser em paciência

Não te distraias com o mundo 'afora de ti'
Na verdade, esse mundo és tu
Não te percas com julgamentos ou o que te distancia de ti
Pois, na verdade esses julgamentos são para ti

Não queiras mais do que que já tens
Não reclames ou lamentes o que não tens
Aceita, ama o que contigo é
E a vida se encarregará de te manter em pé! :-)

Encara a vida como um jogo
Uma brincadeira de crianças
Uma acção consciente e madura
Numa consciência plena de que és só lembranças

Faz o que tem de ser feito
Mesmo que isso represente morreres para ti mesmo, renasceres do coração
Mas não te mates, nem provoques dores no peito
Porque essa morte é apenas uma lição

O medo que tens da tua luz
Faz-te viver na escuridão
Mas lembra-te que até viver sem essa luz
Te permite abrir o coração

Joaquim Caeiro

(Dança de palavras)

Sem comentários:

Enviar um comentário