Amor Tântrico


O princípio do amor tântrico, na minha perspectiva assenta na importância e na necessidade da presença de cada um. Refiro-me à real presença - a presença além identidade, além nome, história e até 'sexo'.

Uma dança natural, que flui de acordo com a conexão estabelecida. Ou seja, de acordo com a conexão, assim é a experiência energética vivida.

Muito se fala acerca desta temática, mas pouco se faz para explorar em profundidade algo que é essencial e básico na existência humana. Procura-se o 'tantra fácil', ou serviços sexuais encapuçados e disfarçados com termos 'tantricos', e a questão principal não se explora - que é o centro da própria pessoa - a verdade mais pura e original de cada um.

Nós, terapeutas, facilitadores destes métodos e abordagens, fazemos sempre o melhor, mas, torna-se cada vez mais importante focar a essência do que se pretende no trabalho da sexualidade sagrada - o sagrado mais puro, integrado com a experiência física humana.

Por isso, e por tanto que aprendo e vibro nestes trabalhos, venho mais uma vez lembrar que, estou disponível para te ajudar a alcançar o que de mais puro habita em ti, através do prazer.

Sejas quem fores, independentemente da tua orientação sexual, eu estou aqui.

Um dos grandes detalhes do despertar e de estar em paz e amor, é que deixamos de nos sentir homem ou mulher, passamos a ser tudo - apenas existências a experienciar esta jornada humana consciente aqui.

Questões e marcações: jcaeiro@live.com.pt

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ate já Monte da Fonte

O Retorno à Origem Primordial

Cegueira ou estupidez natural?